BK2

Buscar no Bk2
FAcebook
Bahia
Sujeira grossa
A vendedora de água e o tribunal do WhatsApp
11/02
às 12:18
Reprodução / WhatsApp

Em Salvador, uma vendedora ambulante teve as suas vendas prejudicadas e a sua honestidade colocada à prova após um vídeo onde ela aparece enchendo garrafas de água ser compartilhado no WhatsApp. Quem filmou, não se preocupou em entender o que acontecia e espalhou o vídeo. Em uma publicação na internet insinuaram que ela vendia água mineral adulterada.

Edilene, é ambulante, moradora de Feira de Santana, tem dois filhos, está grávida de sete meses, e queria apenas trabalhar no Carnaval de Salvador para ajudar na renda de casa. Parte da imprensa também não apurou o fato e divulgou o caso com alarde.

Segundo ela, os foliões Muquiranas exigiam a água do gelo em troca de comprar cerveja, para encher as pistolas com água, e assim brincar com as pessoas durante a folia. Por isso ele enchia as garrafas. A brincadeira já tradição em blocos irreverentes. Resultado: a vida da vendedora virou um inferno e ela teve que voltar pra casa antes da hora temendo até pela sua integridade física. 

Somente o Balanço Geral procurou entender o que houve: 

Por Blog do Kuelho

E quem vai pagar essa conta?
Related Posts with Thumbnails

 

Leia Também

 
 
 
 
 
 
 
 
 


 
Publicidade

 

 

 

Kuelho TV
Carnaval 2016: Terra Samba lança música sobre a Zumba
 
Links Legais
 
Newsletter
Cadastre-se e receba as novidades no seu e-mail
Redes Sociais