BK2

Buscar no Bk2
FAcebook
Música
Pop baiano
SenSe Bulir pra traduzir um Roberto Kuelho
20/12
às 19:46
Bennerlan Diesel

Sem desafios a vida fica meio sem graça, né? Eu não vivo sem desafios, assim como não vivo sem a música. Entre outubro e novembro deste bom 2016, resolvi reunir músicas que sempre gostei, mas que nunca foram gravadas. Convidei amigos para lapidar essas canções e, antes de lançar o CD no mercado registrei os bastidores em vídeos. Abaixo você confere essa sequência divertida de trabalhos:

Deixei o estúdio na semana do meu aniversário, no final de novembro. Chegou a hora de apresentar 10 canções ao público com o nome de SenSe Bulir. Durante anos cantei com um grupo chamado Xêro Mole, desta vez, resolvi mudar e trago um trabalho diferente. Se antes, fiz um som pra movimentar as cadeiras, hoje quero bulir com os sentidos. Daí vem o Sense Bulir. Ouça o CD completo sem pagar nada:

Com o CD gravado e mixado, hora de botar o pé na estrada para divulgar. O primeiro ato foi fazer lançamento mundial através de plataformas como Spotify, iTunes, Napster, Tidal e Deezer. Pra quem prefere baixar, disponibilizei em sites como Palco MP3, Sua Música e no Bandas de Garagem do portal Uol. Mas nada disso adianta, se a gente não colocar o pé na estrada. Mostro abaixo já uma entrevista para a TV Subaé, afiliada da Globo, na Bahia:

Dentre as entrevistas em rádios e boas matérias em portais, vale destacar o trabalho publicado pelo site "Feirenses". Numa boa entrevista biográfica, falo sobre o novo trabalho, composições minhas gravadas por artistas conhecidos, além de opinar sobre o que é fazer cultura no Brasil. Eu solto o verbo. Veja trecho da entrevista:

Acredito que o Sense Bulir é aquele CD pra se ouvir no carro, depois de um dia cheio ou em casa 'de boa'. Ele traz um Roberto Kuelho romântico e permite um passeio por ritmos variados, pois no mesmo local onde você encontra o reggae "Nem precisa ser amor", dá de cara com a marchinha "Encaracolado". É lá também que o samba-canção "Rosa de uma rua atoa", cantando por mim e Talitha Costa, divide espaço com o brega rasgado "Bem no auge".

Por Blog do Kuelho

Quer saber? Na dúvida, faz como diz uma das canções: "corre e busca esse abraço. Mesmo sem ter laços".
Related Posts with Thumbnails

 

Leia Também

 
 
 
 
 
 
 
 
 


 
Publicidade

 

 

 

Kuelho TV
Carnaval 2016: Terra Samba lança música sobre a Zumba
 
Links Legais
 
Newsletter
Cadastre-se e receba as novidades no seu e-mail
Redes Sociais